segunda-feira, maio 07, 2007

Com muita fé dizemos: " Frei Galvão, intercede pelo teu e nosso Brasil "



Antônio de Sant'Anna Galvão (1739-1822)
Hoje, com quinhentos anos de história, o Brasil pode finalmente apresentar ao mundo o seu primeiro Beato, Frei Antônio de Sant'Anna Galvão. Foi ordenado Sacerdote em 1762 e passou a completar os estudos teológicos no Convento de São Francisco, em São Paulo, onde viveu durante 60 anos, até à sua morte ocorrida a 23 de Dezembro de 1822.
A vida de Frei Galvão foi marcada pela fidelidade à sua consagração como sacerdote e religioso franciscano, e por uma devoção particular e uma dedicação total à Imaculada Conceição, como «filho e escravo perpétuo». Além dos cargos que ocupou dentro da sua Ordem e na Ordem Terceira Franciscana, ele é conhecido sobre udo como fundador e guia do Recolhimento de Nossa Senhora da Conceição, mais conhecido como «Mosteiro da Luz», do qual tiveram origem outros nove mosteiros. Além de Fundador, Frei Galvão foi também o projetista e construtor do Mosteiro que as Nações Unidas declararam Patrimônio cultural da humanidade.
Enquanto ele ainda vivia, em 1798 o Senado de São Paulo definiu-o «homem da paz e da caridade», porque era conhecido e procurado por todos como conselheiro e confessor, além de o franciscano que aliviava e curava os doentes e os pobres, no silêncio da noite.
Frei Galvão convida-nos a crescer em santidade e na devoção a Nossa Senhora da Conceição e deixa a todos nós brasileiros a grata mensagem de sermos pessoas da paz e da caridade, sobretudo para com os pobres e os marginalizados.
Já está confirmado que o Papa Bento XVI irá canonizar o frade durante sua visita a São Paulo em 11 de Maio.[1] Frei Galvão será o primeiro santo nascido brasileiro na história.

Fenômenos místicos
Frei Galvão era homem de muita e intensa oração, e dele se atestam certos fenômenos místicos, como os êxtases e a levitação. São famosos em sua vida os casos de bilocação: estando em determinado lugar, aparecia em outro, improvisamente, para atender um doente ou moribundo que precisava da sua atenção.
Era também procurado para a cura, em tempos em que não havia recursos e ciência médica como hoje. Numa dessas ocasiões, inspirado por Deus, escreveu num pedaço de papel uma frase em latim do Ofício de Nossa Senhora, que poderia se traduzida assim: "Depois do parto, Ó Virgem, permaneceste intacta: Mãe de Deus, intercede por nós!". Enrolou o papel em forma de pílula e deu a um jovem que estava quase morrendo por fortes cólicas renais. Imediatamente cessaram as dores e ele expeliu um grande cálculo. Logo veio um senhor pedindo orações e um 'remédio' para a mulher que estava sofrendo em trabalho de parto. Frei Galvão fez novamente uma pilulazinha, e a criança nasceu rapidamente. A partir daí teve que ensinar as irmãs do recolhimento a confeccionar as pílulas e dar às pessoas necessitadas, o que elas fazem até hoje.
Por isso tudo fico pensando, nosso primeiro Santo Originariamente Brasileiro. Esperamos que ele nos de esperança. Com a violência que vem assolando nossa cidade.
Mais uma vez vem a tona o tema da violência. Acho que seria útil tecer alguns comentários sobre a violência que assusta nosso país, em especial no Rio de Janeiro. Primeiramente, a violência no Rio de Janeiro é endêmica, existe desde muito tempo, remonta os tempos imperiais, da "Família Real Portuguesa" (que se explodam!). A violência, tal qual conhecemos hoje, não vem com as favelas cariocas, que subverteram até o significado da palavra "malandro", tão representada nos versos de Noel Rosa. Não que os favelados sejam culpados pela violência existente, mas a falta de oportunidades dentro das favelas produz delinquentes, que ilusoriamente pensam escapar facilmente da marginalidade pelo mundo do crime. Esquecendo um pouco os conceitos, acredito que uma solução para o problema do Rio de Janeiro, levará anos, talvez décadas, pois está centrada num principio fundamental de toda sociedade: a educação

Atletas
Violência do Rio preocupa e assusta atletas do Pan

Atletas temem a violência e a segurança precária do Rio de Janeiro.
Parte inferior do formulário
Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, é a vez de o Brasil receber a principal competição das Américas. Mas não são os adversários e lutas por medalha que amedrontam e preocupam os esportistas, e sim, a violência que assola a capital carioca. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública, da Secretária de Segurança de Estado do Rio de Janeiro, o Estado registrou 192 homicídios, mais de 1.700 carros roubados e 2.697 pessoas assaltadas ou vítimas de furto em fevereiro. Números que assustam até mesmo quem vive na própria capital carioca.
"A grande preocupação, sem dúvida, é a violência que ainda não cessou no Rio de Janeiro. Esses dias mesmo assassinaram dois policiais no mesmo lugar em que aconteceu aquela tragédia do garoto João Hélio.
"Eu sou carioca e estou super “ acostumado” com a violência. É complicado se acostumar com tudo, até com a violência. Você vive com o vidro do carro fechado, pára no farol preocupado, vive com os nervos à flor da pele, em estado de alerta 24 horas, não tem dia, não tem hora para você ser seqüestrado, assaltado", afirma.
"Isso não tem como resolver. Até o Pan a gente espera, reza e tem fé de que os bandidos vão colaborar.
"Essa missão de levar paz ao Rio de Janeiro vai ser muito importante para a imagem do País lá fora, a
No fim do ano passado, o Rio de Janeiro passou por uma de suas mais duras ondas de violência, na qual gangues atacaram alvos civis e policiais, matando 19 pessoas.
A crise na segurança pública fluminense levou o governo estadual a pedir ajuda da Força Nacional de Segurança, que já opera nas divisas do Rio com São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.
O rosto da barbárie
Uma quadrilha de PMs que integramum grupo de extermínio invade a favela
No Rio o pó cala os governantes
Os traficantes de drogas atiram, avançam O que há de peculiar, no Rio de Janeiro, não é apenas aquilo que os bandidos fazem - mas também como o fazem. Funciona, ali, uma grossa corrente de solidariedade na impunidade, que começa nas delegacias de bairro, atravessa uma corporação de 10.000 homens, penetra nas penitenciárias e, por fim, anestesia a cúpula do governo. As quadrilhas que controlam o tráfico de drogas na cidade são bem menos ricas do que seus membros gostariam. Seus comandantes são marginais bem menos sofisticados do que dão a entender suas entrevistas. O fato, contudo, é que numa cidade aflita por um processo de decadência urbana desproporcional em relação as suas dificuldades econômicas e sociais o crime do Rio de Janeiro assinala um caso indiscutível - e perigoso - de progresso linear. Há menos de vinte anos, a população carioca participou de um Carnaval que ficou célebre: a maconha estava cara, enquanto a cocaína era oferecida com desconto - numa banal operação de mercadologia. Mais tarde, nasceram os grandes traficantes, que corrompem a polícia e deixam o cidadão comum entregue à própria sorte.
"GUERRA CIVIL" - "Já começou a guerrilha urbana no Brasil", "É uma guerrilha especial, sem ideologias e sem fundo religioso, mas baseada no banditismo sem sentido." Uma outra dificuldade com a qual estão às voltas as autoridades do Rio de Janeiro consiste numa sociologia criada nos botequins instalados nas proximidades do asfalto - como uma tentativa de enxergar as profundezas daquilo que se passa nos morros."A marginalidade e a injustiça social estão na raiz desse processo de violência",
"Esse é o início de um processo de guerra civil informal entre os marginalizados e a sociedade formal", Apocalíptica, a teoria de que por trás escondido um conflito entre riqueza e pobreza, por exemplo, repousa numa confusão delirante a respeito, justamente, de ricos e pobres. Achar que as injustiças sociais levam à criminalidade entre os pobres é apenas dar um verniz esquerdista à velha idéia de que todo miserável é um marginal em potencial.
Violência no Rio
05 de maio
19h52 » Rio: número de baleados é comparado ao de guerras
01 de maio
10h29 » Frentista baleado no Rio está fora de perigo
10h13 » Rio: mulher reage a assalto e é baleada no rosto
30 de abril
18h19 » Pedreiro é encontrado morto em construção no Rio
14h26 » Jovem morto em tiroteio é enterrado no Rio
13h09 » Rio: rapaz é assassinado dentro de bar na Tijuca
09h31 » Comerciante é assassinado por traficantes no Rio
29 de abril
21h39 » Rio: homem é encontrado morto dentro de casa
27 de abril
08h10 » PMs que soltaram preso estariam sob nova suspeita
24 de abril
08h27 » PM é baleado fazendo segurança de padaria no Rio
07h37 » Homem é morto em confronto com PM no Rio
23 de abril
10h20 » RJ: dois homens são assassinados em Nilópolis
18 de abril
09h18 » Bandidos atacam patrulhas e desafiam a PM no Rio
17 de abril
08h37 » Tiroteio deixa 14 mortos em morro do Rio
16 de abril
07h20 » Governo discute como atuará na segurança do Rio
15 de abril
08h11 » Caminhonete com dois corpos é incendiada no Rio
13 de abril
07h29 » 'Times' chama Rio de decadente e critica governos
06h53 » Irmã de PM morto pede arma dele de volta
06h41 » França pede que turista guarde R$ 50 para ladrão
12 de abril
15h03 » RJ: assalto termina com a morte de um ladrão
14h31 » Entenda o caso das Forças Armadas no Rio
09h53 » Homens armados de facão assaltam turista no Rio
09h48 » Criminoso se exibe no Orkut com farda da polícia
08h31 » Estudante é ferido com tiro na cabeça no Rio
08h27 » Tiroteio deixa um morto e um ferido no Rio
11 de abril
02h09 » Rio: polícia encontra corpo em porta-mala de carro
10 de abril
09h33 » Rio: presos suspeitos de matar policial em falsa blitz
08h33 » Rio: tentativa de assalto deixa um morto e um ferido
02h15 » Rio: gerente de lotérica é assaltada e seqüestrada
09 de abril
03h39 » Rio: ladrão ninja rouba apartamento no Leblon
08 de abril
11h16 » Jovens são presos após assaltar e estuprar mulher
10h47 » Polícia apreende 77 pedras de crack no Rio
10h16 » Bandidos fazem falsas blitze em várias ruas do Rio
09h18 » PM que faz segurança de Cabral é baleado no Rio
07 de abril
15h22 » Menina de 12 anos é vítima de bala perdida no Rio
13h14 » Apartamento é encontrado arrombado no Rio
12h03 » Bandidos assaltam caminhão com eletrodomésticos
11h29 » Polícia apreende fuzil e pistola em morro do Rio
09h39 » Mil pessoas protestam contra a violência no Rio
09h08 » PM e amigo são assassinados em Rio das Ostras
09h06 » Mortos dois homens que faziam falsa blitz no Rio
08h55 » Rio: corpo de menino baleado segue no IML
08h31 » João Hélio: irmã faz tratamento para aliviar trauma
05h50 » Rio: bandidos jogam bomba em caixa eletrônico
06 de abril
14h32 » Homem é linchado por populares em praia do Rio
11h58 » Bandidos assaltam casa e fazem reféns no Rio
09h51 » Rio: jovem de 20 anos é vítima de bala perdida
09h28 » Bandidos roubam cinco carros em arrastão no Rio
08h58 » Rio: policial civil é baleado em tentativa de assalto
04h16 » Rio: quadrilha invade moradia militar em Guadalupe
02h23 » Rio: 3 policiais e um pedreiro feridos em operação
05 de abril
13h52 » Secretaria do Rio investiga PMs que 'atiram demais'
12h03 » Rio: tiroteio fere policial federal e 2 agentes do Bope
11h55 » Morre vítima de bala perdida no Rio
10h32 » Policial militar é baleado durante tiroteio no Rio
09h58 » Morre mulher atingida por bala perdida no Rio
04 de abril
09h49 » Rio: CPI dos PMs ouve depoimentos nesta quarta
03 de abril
09h24 » Rio: pedreiro é morto a tiros em São Gonçalo
07h45 » PM é baleado em suposta tentativa de assalto no Rio
02h44 » Motociclista atira em homem em frente a batalhão
02h34 » Rio: criança de 10 anos é baleada após ação policial
01h33 » Homem é encontrado morto com vários tiros no Rio
02 de abril
01h06 » Moradora de rua aborda carro e é baleada na perna
01 de abril
08h09 » Policial rodoviário é morto em assalto no Rio
31 de março
03h32 » Rio: ladrões vêem novela com vítima em assalto
03h28 » Polícia do Rio mata 77% a mais em janeiro de 2007
02h57 » Rio: secretário determina reforço no policiamento
30 de março
13h27 » Bala perdida faz uma vítima por dia no Rio
11h03 » Corpos são deixados em porta-malas de carro no Rio
09h46 » Rio: polícia diz ter segundo suspeito por 5 mortes

Com muita fé dizemos: «Frei Galvão, intercede pelo teu e nosso Brasil!».

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home